terça-feira, 24 de maio de 2011

«Carpe Diem II » Não desistir de perseguir os sonhos


Todos nós temos algo que gostaríamos de dar a alguém - uma expressão de alegria, um carinho...

Um dos personagens do Filme o Clube dos Poetas Mortos, Knox Overstreet está apaixonado por uma garota..  O único problema é que ela é namorada de um famoso atleta. Knox não tem autoconfiança para se aproximar dela, mas lembra-se do conselho de Mr Keating: - «Aproveita as oportunidades!» Knox percebe que tem que fazer alguma coisa. Corajoso declara o seu amor, mas ela manda-o embora e ainda  leva um soco do namorado. Apesar de Knox não ser especialmente bonito ou popular ele conseguiu conquistar a garota pela força da sua intenção sincera. Knox ficou orgulhoso de si próprio porque ao mesmo tempo conseguiu aprofundar o  relacionamento consigo mesmo não desistindo do seu sonho. Basta continuar a demonstrar o seu amor. Acreditamos que nos magoamos quando não recebemos amor. Mas não é isso que nos magoa. O nosso sofrimento vem quando não damos amor. Nascemos para amar, podemos dizer que somos máquinas de amor criadas por Deus. Funcionamos com mais potência quando damos amor. O mundo levou-nos a acreditar que o nosso bem estar depende do amor de outra pessoas. A verdade é que o nosso bem estar depende da nossa capacidade de dar amor.  Não tem nada a ver com o que volta; tem a a ver com o que vai!

Sem comentários: