segunda-feira, 2 de maio de 2011

A transbordar...




De emoções acumuladas, de sonhos perdidos
de choros contidos, 
de risos calados 
de sentimentos exacerbados
É preciso deixar fluir ....

Sem comentários: