quarta-feira, 7 de setembro de 2011

E basta um movimento ínfimo dos lábios

"Estava de volta a valsa dos sorrisos. É incrível como, às vezes, tomamos decisões, dizemos a nós mesmos que de agora em diante tudo será assim ou assado, e basta um movimento ínfimo dos lábios para quebrar toda a segurança de uma certeza que parecia eterna."

(David Foenkinos in: A delicadeza.)


 

Sem comentários: