quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Tempo

Todo o tempo é tempo, desde a névoa  da manhã, à névoa do outro dia










Sem comentários: