domingo, 11 de março de 2012

Em suspenso


../
No desequilíbrio dos mares,
Minhas mãos pararam sobre o ar
e endureceram junto ao vento,
e perderam a cor que tinham
e a lembrança do movimento.
E o sorriso que eu levava
desprendeu-se e caiu de mim:
e só talvez ele ainda viva
dentro destas águas sem fim...
(Cecília Meirelles)
Foto: (composição minha)

Sem comentários: