sábado, 25 de agosto de 2012

E o desejo seria estar ali...

.
[...]E ela imaginou com sede a água clara e fria em roda dos seus ombros , e imaginou a relva onde se deitaria à sombra das folhagens e dos frutos. Ali pararia. Ali haveria tempo para poisar os olhos nas coisas. Ali haveria tempo para tocar as coisas. Ali poderia respirar devagar o perfume das roseiras. Ali tudo seria demora e presença. Ali haveria silêncio para dizer as graves e puras palavras pesadas de paz e alegria. Ali nada faltaria: o desejo seria estar ali...."
(Sophia de Mello Breyner - contos)

Sem comentários: